Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Polícia apreendeu dois adolescentes, de 13 e 16 anos, acusados de matar o motorista de Uber, Guilherme Silva Maia, de 22 anos, no último domingo. Os menores foram capturados no bairro Ancuri, mesmo local do crime. No momento da apreensão, o adolescente de 16 anos se identificou com o nome do irmão na tentativa de enganar os policiais. A dupla foi encaminhada para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA) e autuada em flagrante.

De acordo com as investigações, Guilherme Maia estacionou seu carro, um Siena de cor prata, em frente ao conjunto habitacional Alameda das Palmeiras, despertando nos criminosos a suspeita de que se trataria de um grupo rival. Segundo a delegacia da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a vítima desrespeitou a “lei do crime” que domina o tráfico de drogas na área, ao trafegar com o veículo com janelas fechadas e vidros escuros.

A Polícia segue com as diligências a fim de capturar outros dois participantes do assassinato, já identificados, bem como apreender a arma utilizada no crime.