Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) deflagrou, na quinta-feira (23), a Operação Carcará, com o objetivo de cumprir mandados de prisão por homicídio em desfavor de alvos que integram uma organização criminosa com atuação em municípios do Interior do Estado. Durante a ofensiva, os policiais civis cumpriram 13 mandados de prisão além da apreensão de dois adolescentes.

Ao todo, 100 policiais civis pertencentes às equipes da Delegacia Regional de Iguatu e do Departamento de Polícia Judiciária do Interior Sul (DPI Sul), entre delegados, inspetores e escrivães foram mobilizados para dar cumprimento aos mandados judiciais, nos municípios de Saboeiro, Icó e Iguatu, na Área Integrada de Segurança 21 (AIS 21).

O trabalho policial é resultado de investigações da força-tarefa coordenada pelo DPI Sul para combater e elucidar homicídios na cidade de Saboeiro, ocorridos no primeiro semestre do ano, além capturar suspeitos com relação com o tráfico de drogas e outras práticas ilícitas na região.

A ação resultou no cumprimento de 13 mandados de prisão, além da apreensão de dois adolescentes, oriundos de mandado de busca e apreensão, e de uma situação de flagrante por tráfico de drogas. Durante a ação foram apreendidas maconha e cocaína, uma espingarda calibre 12 e uma caixa com 12 munições.

Foragido da Justiça

Cícero Garcia de Amorim (34), conhecido por “Havaí”, com antecedentes criminais por roubo, possuía um mandado de prisão em aberto, oriundo da Comarca de Saboeiro. Ele é suspeito de envolvimento em crimes homicídios e no tráfico de drogas daquele município.

O suspeito também está relacionado na investigação da Delegacia Regional de Iguatu pelo sequestro e cárcere privado de uma mulher de 19 anos e duas adolescentes de 14 e 16 anos, no início deste mês. Um dos partícipes do crime, apontado como mandante, foi preso em flagrante: Antônio Wendson Alves Freires (20), conhecido como “Pirulito”. A Polícia Civil segue em diligências com o intuito de capturar os demais foragidos da Justiça.

Denúncias

A Polícia Civil ressalta que a população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam ajudar na localização dos suspeitos. Em Iguatu, as denúncias podem ser feitas pelos números (88) 3581-0307, da Delegacia Regional de Iguatu. O sigilo e o anonimato são garantidos.

(*)com informação do Governo do Estado do Ceará

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp