Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Na tentativa de encontrar o autor de um homicídio contra uma mulher no último dia 24 de fevereiro, a Polícia Civil do Estado do Ceará, por meio da Delegacia Municipal de Tabuleiro do Norte, prendeu o marido da vítima, nesta terça-feira (14), no município do Vale do Jaguaribe, localizado na Área Integrada de Segurança 10 (AIS 10). De acordo as investigações, ele seria o autor do homicídio.

Durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão na casa do suspeito, os policiais encontraram um revólver calibre 38 municiado e mais dez munições, também de calibre 38, acondicionadas em um porta-munição. Motivo pelo qual Edivelton Pinheiro Maia (20) foi levado preso para a delegacia. Ele é um suspeito de ter matado a própria mulher, Jurileny de Sousa Silva (20), com quem mantinha um relacionamento há cinco anos e dividia a mesma casa.

Duas semanas depois da morte da mulher, os policiais estranharam a atitude de Edivelton. O homem não procurou a delegacia para relatar a morte da companheira, apesar de ter sido testemunha do crime. Tampouco compareceu ao enterro da mulher, nem procurou os parentes da vítima. “Causou estranheza o comportamento dele, por isso, solicitamos ao Judiciário um mandado de busca e apreensão na casa do suspeito”, revela o titular da Delegacia Municipal de Tabuleiro de Norte.

De acordo com o depoimento de Edivelton, o casal estava retornando para casa em uma motocicleta quando dois suspeitos se aproximaram deles e efetuaram disparos contra a companheira de Edivelton. Com o suspeito detido, a Polícia Civil segue investigando as circunstâncias que culminaram na morte de Jurileny para elucidar o caso. Edivelton Pinheiro Maia (20) foi detido e conduzido para a delegacia, onde foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo.

Fonte: SSPDS