Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Tem circulado nas redes sociais a imagem de um post da rede social Twitter, assinado por um perfil intitulado Cid Gomes, cuja identidade é @CidGomes, questionando a decisão judicial que cassou, em primeira instância, o mandato do prefeito de sobral, Ivo Gomes (PDT). O perfil, segundo as informações apuradas pela produção deste site, é falso, e não pertence ao ex-governador do Ceará.

No texto da postagem “fake”, o perfil atribui a decisão da Justiça Eleitoral à disputa política de 2018, expondo, assim, um suposto conflito como obstáculo para a aliança que vem sendo construída entre PT, PMDB, PDT. O conteúdo da postagem diz que o Ministério Público pediu o arquivamento da ação e, sem citar o nome do magistrado, afirma que o juiz é ligado ao Presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB), o que também é uma informação classificada como inverídica.

O perfil oficial de Cid Gomes no Twitter usa a identidade @cidfgomes, tem mais de 136 mil seguidores e não vem sendo atualizado pelo político. Quanto ao perfil falso, são somente 68 seguidores.