Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Acaba nesta terça-feira (31), o prazo que para que o trabalhador com conta ativa ou inativa do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) saque até R$ 998 por conta. No total, 36 milhões de pessoas ainda poderão sacar o total de R$ 14,8 bilhões disponíveis, diz a Caixa.

Quem não fizer o saque, o trabalhador terá o valor devolvido ao seu FGTS, corrigido. O saque é opcional e pode ser feito uma única vez. A opção foi oferecida em 2019 pelo governo Bolsonaro, como forma de aquecer a economia.

Inicialmente, a liberação anunciada foi de R$ 500 de cada conta. Em dezembro, esse teto passou para R$ 998 para quem tinha no máximo essa quantia em uma conta do fundo até 24 de julho de 2019. O trabalhador com mais de R$ 998 no FGTS pode sacar até R$ 500 para cada conta, ativa ou inativa.

Veja como consultar

Para saber se pode resgatar o dinheiro, basta conferir o seu extrato do FGTS pelo site www.fgts.gov.br, pelo Aplicativo FGTS ou qualquer agência da Caixa.

O saque pode ser feito no aplicativo FGTS ou em agências da Caixa, lotéricas e correspondentes Caixa, com documento de identificação e carteira de trabalho.

Passo a passo do saque pelo aplicativo

  1. Baixe o aplicativo FGTS da Caixa Econômica Federal no seu celular (download gratuito)
  2. Faça cadastro com nome, data de nascimento, idade, email e CPF
  3. Escolha uma senha e confirme seu email
  4. No aplicativo, informe seu CPF e a senha
  5. Por uma questão de segurança de dados, o sistema fará perguntas pessoais sobre a vida profissional: empresas em que trabalhou, quando etc.
  6. Depois de aceitar os termos, será possível consultar extratos e pedir o pagamento
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp