Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A adotar é um ato que tem o potencial de transformar a vida de pessoas que esperam por ter um lugar para chamar de lar. No quadro Direito de Família desta terça-feira (22), a advogada Ana Zélia Cavalcante abordou o tema e apresentou um dos enunciados do IBDFAM onde está escrito que, “na adoção o princípio do superior interesse da criança e do adolescente deve prevalecer sobre a família extensa”.

Ana Zélia explica que o enunciado traz conceitos importantes para se pensar no processo de adoção, como o melhor interesse da criança e também as relações de afeto que devem ter prevalência, inclusive sobre relações sanguíneas, entre os adotandos e seus familiares.

A advogada destaca que o tema é extenso e para ser melhor discutido é necessária a apresentação de alguns conceitos básicos que serão trabalhados com mais profundidade em momentos posteriores do quadro Direito de Família. Ana Zélia ressalta que é preciso dar mais visibilidade ao tema, pois os laços de afetos são os mais importantes em relações familiares.