Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O preço do conjunto de alimentos essenciais subiu em fevereiro em 10 das 17 capitais pesquisadas pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Segundo a A Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, as altas mais expressivas ocorreram nas cidades do Nordeste e do Norte, com destaque para Fortaleza, Recife, Salvador, Natal e Belém. Na capital cearense o custo dos produtos teve um aumento de 6,83%.

As principais quedas foram observadas em capitais do Centro-Sul: Campo Grande, Vitória, Porto Alegre  e Goiânia. Já a cesta mais cara foi a de São Paulo, custando R$ 519, seguida pelo Rio de Janeiro, com a cesta no valor de R$ 505.

Os produtos com as maiores variações de preço oram a carne, a batata, o açúcar, o tomate e o arroz agulhinha.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp