Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Com a chegada das festas juninas, época das tradicionais fogueiras e de fogos de artifício, a Prefeitura de Fortaleza, por meio do Instituto Doutor José Frota (IJF), centro médico de referência no tratamento de traumas graves, chama a atenção para situações de risco de queimaduras que podem ser evitadas. Em 2009, foi sancionada a Lei que faz do 6 de Junho o Dia Nacional de Luta Contra Queimaduras.

A alegria das celebrações pode ser interrompida por acidentes causados, muitas vezes, pela imprudência e pela manipulação inadequada de substâncias inflamáveis e artigos explosivos. Mesmo dentro de casa, a atenção com líquidos e superfícies quentes também deve ser redobrada.

Em 2016, o Núcleo de Queimados do IJF atendeu 3.680 pacientes, sendo 620 apenas entre os meses de junho e julho. Na maioria dos casos, as lesões foram causadas por contato com bebidas e alimentos quentes ou gorduras e óleos ferventes. Em segundo lugar, as causas das queimaduras foram chamas ou materiais incandescentes. Casos de lesões graves por exposição à corrente elétrica também têm chamado a atenção dos profissionais.

Dependendo da extensão ou da área atingida, queimaduras podem causar desde cicatrizes leves até amputação de membros ou mesmo a morte da vítima. É muito importante ter atenção e seriedade ao lidar com materiais que representem perigo.

Núcleo de Queimados do IJF
O Núcleo de Queimados do Instituto Dr. José Frota (IJF) é referência no Norte e Nordeste e possui uma equipe multidisciplinar composta por profissionais especializados, como clínicos gerais, dermatologistas, cirurgiões plásticos, enfermeiros, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, nutricionistas e psicólogos. O IJF funciona 24 horas por dia, com perfil de atendimento prioritário às vítimas de fraturas múltiplas, traumas neurológicos, lesões vasculares graves, queimaduras e intoxicações.

Cuidados
– Não solte balões;
– Não dispare fogos de artifício próximo de pessoas ou veículos e siga rigorosamente as instruções do fabricante;
– Acenda fogueiras de forma controlada e não lance materiais inflamáveis sobre as chamas;
– Não “brinque” de saltar sobre as fogueiras;
– Afaste crianças das chamas e de material inflamáveis;
– Redobre a atenção com crianças e idosos na cozinha;
– Não use panelas desgastadas ou com alças quebradas;
– Não acenda velas ou lamparinas sem necessidade.

Primeiros socorros
– Lave o local atingido apenas com água corrente;
– Não retire a roupa que estiver grudada na pele;
– Não faça uso de receitas caseiras (gelo, creme dental, óleos, margarina, pó de café, ovo, ervas ou mel);
– Não aplique nenhuma pomada sem indicação médica;
– Não estoure as bolhas provocadas pela queimadura;
– Com cuidado, retire acessórios como pulseiras e anéis, pois o corpo incha naturalmente após uma queimadura;
– Ofereça água ou outros líquidos para hidratar a vítima;
– Procure atendimento na unidade de saúde mais próxima.

Com informação da A.I