Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
A Prefeitura de Caucaia, através da Secretaria Municipal de Educação (SME), já começou a distribuir a merenda escolar da rede de ensino de Caucaia. A expectativa da pasta é de as rotas de entrega serem concluídas até a próxima terça-feira (31/7). Antes, portanto, do reinício do ano letivo.
Todas as 189 unidades escolares da rede municipal serão abastecidas com produtos  como cereais, carne, frango, verduras e legumes. Estimado em 71 toneladas, o estoque será utilizado durante o mês de agosto. “A gente pode dizer que hoje a rede está organizada. E vamos continuar trabalhando pra continuar assim. Porque só quem ganha com isso são os alunos”, afirma o prefeito Naumi Amorim.
 Caminhões-baú estão fazendo rotas nas quatro grandes regiões de Caucaia desde essa quarta-feira (25/7). As primeiras escolas a receberem a merenda foram as localizadas na BR-020. Vinte e duas unidades foram beneficiadas, atendendo a um total de quase 3,5 mil alunos.
 “Nosso objetivo é a oferta de uma merenda de qualidade. E nós temos conseguido isso com muito planejamento e zelo com o dinheiro público. A gente entende que o aluno bem alimentado tem mais chances de aprender e desenvolver suas capacidades”, diz a titular da SME, professora Lindomar Soares.
 A observação da secretária faz alusão ao que tem sido desenvolvido pela Prefeitura para melhorar a qualidade da merenda escolar da rede municipal de ensino. Os itens do cardápio foram ampliados e redefinidos por nutricionistas, levando em consideração a real necessidade das crianças e dos adolescentes.
 Além disso, o investimento feito mensalmente pela SME foi reduzido para menos da metade do que gestões anteriores gastavam. Ou seja: a atual gestão oferta aos estudantes pratos de melhor qualidade utilizando menos recursos. E mais: 70% dos produtos são oriundos da agricultura familiar.
Isso significa que a Prefeitura tem gerado renda para produtores locais. “O dinheiro circula dentro do município e a gente gera um ciclo positivo pra todo mundo. A Secretaria tem uma merenda boa, os alunos se alimentam bem e a economia da cidade fica mais forte”, conclui Naumi Amorim.
COM PMC