Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Descrente dos rumos do PSDB em Fortaleza e, para segurar os votos dos eleitores do Capitão Wagner em Maracanaú, Roberto Pessoa assume as articulações políticas para fortalecer o pré-candidato do PROS como nome de oposição

A pré-candidatura do ex-deputado estadual Carlos Matos à Prefeitura de Fortaleza sofre mais uma baixa dentro do próprio PSDB: o ex-deputado federal Raimundo Gomes de Matos, pai do suplente e pré-candidato à Câmara Municipal, Pedro Matos, fechou apoio ao pré-candidato do PROS, Capitão Wagner, em uma articulação puxada pelo deputado federal Roberto Pessoa (PSDB).

Raimundo e Pedro, ao lado do genro de Roberto Pessoa, Ézio Caracas, se reuniram com o Capitão Wagner, em um café da manhã, para avançar nas conversas sobre as eleições. Pedro sente que, sob o guarda chuva do Capitão, com o apoio do grupo de Pessoa, pode garantir uma vaga na Câmara Municipal de Fortaleza. Essa mesma certeza não existe, segundo interlocutores, com o PSDB.

Os tucanos caíram na real e sabem que, após afirmar para o próprio senador Tasso Jereissati que não tem como apoiar o PSDB em Fortaleza, Roberto Pessoa trabalha para atrair outros tucanos na direção do Capitão Wagner. Roberto assumiu, informalmente, as articulações na Grande Fortaleza para levar Wagner a vencer a eleição no segundo turno.

ARTICULAÇÃO REGIONAL

Pré-candidato a prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa monta um palanque com bases políticas nos municípios de Fortaleza, Pacatuba, Maranguape e Caucaia. Essa jogada o garante votos nos quatro municípios que tem limites com Maracanaú, tendo como âncora a candidatura do Capitão Wagner em Fortaleza.

Em Caucaia, Roberto costura, nos bastidores, acordo com o pré-candidato Vitor Valim (PROS), embora sinalize, também, com apoio à prima e pré-candidata Emília Pessoa (PSDB). Em Pacatuba, o palanque é com o atual prefeito e candidato à reeleição Carlomano Marques (MDB), enquanto, na cidade de Maranguape, a articulação é com o grupo do ex-deputado federal Raimundo Gomes de Matos.

Com essa movimentação, Roberto consolida a volta à Prefeitura de Maracanaú e dá mais substância à candidatura do Capitão Wagner. A estratégia ganhou ainda mais força, no último sábado, com a entrada do Republicanos, antigo PRB, braço direito da Igreja Universal, na base de apoio do Capitão Wagner e do próprio Roberto, em Maracanaú.

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp