Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Prefeitura de Fortaleza vai apelar judicialmente da decisão do desembargador Durval Aires Filho que determinou, no plantão de sábado (13), a suspensão da retirada dos feirantes da Rua José Avelino, em Fortaleza. De acordo com a prefeitura, as intervenções vão começar pelas ruas do entorno e não mais pela José Avelino, já decisão não cita suspensão de obras.

A liminar foi enviada no sábado pelo desembargador durante o plantão judiciário do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), impossibilitando a retirada dos comerciantes. O desembargador ordenou que a Prefeitura de Fortaleza “se abstenha de determinar o encerramento das atividades da feira da Rua José Avelino, de modo que se forneça uma solução mais maturada para o encerramento amigável de um evento comercial que se realiza há décadas”.

Em 17 de maio, o prefeito Roberto Cláudio anunciou a transferência dos feirantes, após uma reunião com representantes dos feirantes, com a participação do promotor de Justiça Raimundo Batista de Oliveira, do Ministério Público do Ceará. Conforme a prefeitura, esta foi um das diversas reuniões para acertar a mudança de local dos feirantes.

O presidente da União dos Feirantes do estado do Ceará, Heron Moreira, afirmou que as associações que participaram das reuniões não representam os feirantes. Ele destaca que a entidade quer adquirir um terreno de 10 mil metros para abrigar a feira, mas não foi recebida pelos representantes da prefeitura para apresentar a proposta e reclama que os comerciantes estão sendo perseguidos. “Os feirantes estão sendo marginalizados”, conta.

A União dos Feirantes disse que a decisão da Justiça de suspender a retirada dos ambulantes atende a um interesse público e que também vai marcar uma reunião, esta semana, com a diretoria da associação.

Já a Associação dos Feirantes e Ambulantes do Estado do Ceará afirmou que já tem um projeto para a padronização da feira, como a organização e a retirada do lixo. Contou ainda que quer manter um diálogo com a prefeitura e que vai marcar uma assembleia geral também para esta semana.

Com informações G1 – CE