Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

As três pesquisas sobre as intenções de voto à Prefeitura de Fortaleza, publicadas entre o começo e o término da segunda semana de campanha, mostram cenários bem parecidos, com três candidatos – Capitão Wagner, Luizianne Lins e José Sarto, na briga pelo segundo turno.

A caminhada ainda é muito longa, faltam mais de 20 dias para o primeiro turno da eleição e qualquer fato ameaça deslocar a posição de um ou outro candidato na preferência dos eleitores. A oscilação pode ocorrer com qualquer um dos pretendentes à Prefeitura de Fortaleza.

Os números das pesquisas realizadas até o momento e a estrutura de campanha dão um indicativo: é pouco provável que os candidatos que abrem o segundo pelotão de intenção de votos, a começar por Heitor Férrer (Solidariedade/MDB), consigam alcançar o candidato do PDT, José Sarto, que aparece com 15% de apoio dos eleitores.

Heitor, de acordo com  a pesquisa do Datafolha – a mais recente entre as sondagens realizadas nas duas primeiras semanas da campanha, aponta a liderança do Capitão Wagner, com 33%, e, em segundo lugar, Luizianne, com 24%. Os dirigentes partidários e coordenadores de campanha já trabalham com uma corrida eleitoral tendo Wagner, Luizianne e Sarto na briga pelo segundo turno. São três nomes, duas vagas e alguém vai sobrar.

Prefeita em dois mandatos, Luizianne Lins, mesmo com a limitação de tempo no rádio e na televisão, sabe aproveitar bem as mensagens  para chegar ao eleitorado, tira proveito do companheirismo de partido do governador Camilo Santana, que é aliado do candidato do PDT, José Sarto, e tem boa avaliação na Capital.

Não há impedimento legal para Luizianne usar a imagem de Camilo na propaganda eleitoral. Luizianne consolida ainda mais as intenções de votos ancorada pela popularidade do ex-presidente Luiz Inácio Lula que ainda tem uma fatia de admiradores.

O Capitão Wagner, que, em 2016.  chegou a perdeu a eleição para o atual prefeito Roberto Cláudio (PDT),  mostra, com as três pesquisas publicadas até o momento (Instituto Paraná, Ibope e Datafolha), consolidação nas intenções de votos e, a três semanas do primeiro turno, está se credenciando para chegar ao segundo turno. A outra vaga, pelo quadro atual, está entre Luizianne e Sarto.

O pedetista conta com o apoio do governador Camilo Santana, dos irmãos Cid e Ciro Gomes e do prefeito Roberto Cláudio, além de somar 35% do tempo da propaganda do rádio e da televisão, para atrair os votos que precisa para chegar ao segundo turno da corrida pela Prefeitura de Fortaleza.