Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O PSDB e o DEM reuniram, nesta terça-feira (15), no Iate Clube, para, por meio de suas convenções, confirmar apoio ao candidato do PDT à Prefeitura de Fortaleza, José Sarto. O PSDB desistiu da pré-candidatura do ex-deputado estadual Carlos Matos e, de forma conjunta com o DEM, passa a integrar a coligação a ser liderada pelo PDT. Os dois partidos oficializaram, também, as candidaturas à Câmara Municipal.

‘’Queremos dar a nossa contribuição no debate sobre os problemas da cidade. O PSDB não terá candidato a prefeito, mas se fará presente à campanha apoiando um candidato que Fortaleza conhece, que está preparado para administrar a cidade, sem aventura, sem ilusão’’, disse o presidente da Executiva Estadual do PSDB, ex-senador Luiz Pontes, ao destacar a decisão do partido em se aliar ao PDT em apoio a candidatura de José Sarto à Prefeitura da Capital.

VOZ DO DEM

O Presidente da Executiva Estadual do DEM, Chiquinho Feitosa, destacou os momentos de reflexão e as ações do PSDB para lançar a pré-candidatura do ex-deputado estadual Carlos Matos que, agora, sem candidato próprio, o DEM aposta no que considera o melhor projeto administrativo para a cidade de Fortaleza. O DEM entra, também, na aliança com o PDT. Chiquinho estava ao lado do ex-senador Luiz Pontes e do pré-candidato Carlos Matos.

O senador Tasso Jereissati se manifestou em vídeo aos convencionais e explicou as razões pelas quais o PSDB optou por não lançar candidatura própria do ex-deputado Carlos Matos à sucessão do prefeito Roberto Cláudio. Tasso diz que apoio à candidatura de Sarto é a opção mais correta.

Chegamos à conclusão quase que unânime, com algumas exceções. Muita gente tem perguntado porque não esse e porque aquele. Não existe outro motivo, senão uma avaliação naquilo que deveria ser não apenas de interesse de nosso partido, nem pessoal de cada um, sem nenhum sentido que não fosse o espírito público e o amor por Fortaleza e a conclusão que chegamos é a correta, reforçou.

Tasso Jereissati afirmou ainda que o apoio ao candidato José Sarto se justifica pela “experiência, formação, espírito público e honestidade conhecida e comprovada ao longo de anos de vida pública, como o mais preparado hoje para dirigir Fortaleza.

Por esta razão nós seguimos essa linha, disse.

O evento contou com a participação das principais lideranças de ambas as legendas. Pelo PSDB, estiveram presentes os presidentes do diretório estadual, Luiz Pontes, e do Municipal, Carlos Matos, que fez um discurso conciliador, destacando apoio que recebeu do DEM durante a empreitada e que sai do processo “com um grande aprendizado”. O presidente Luiz Pontes falou do esforço partidário e pessoal para apoiar a candidatura de Carlos Matos, mas que diversas circunstâncias impossibilitaram levar o projeto adiante.

Já o presidente estadual do DEM, Chiquinho Feitosa, e do municipal, Marcílio Gomes, foram os primeiros a chegar à convenção acompanhados do vice-prefeito de Fortaleza, Moroni Torgan, do deputado estadual João Jaime e do ex-deputado Idemar Citó. O Democratas apresentou uma chapa com 65 candidatos, enquanto o PSDB apresentou 45 nomes para concorrer a uma das 43 vagas para a Câmara Municipal de Fortaleza.