Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Chegaram ao fim, nesta quarta-feira (25), as expectativas dos moradores de Juazeiro do Norte sobre a possibilidade do candidato eleito prefeito, Glêdson Bezerra (Podemos), deixa de assumir o cargo no dia 1º de janeiro.

Glêdson, que estava com a candidatura indeferida por decisão da juíza Kamile Moreira Castro, teve a o indeferimento revertido com a decisão do Tribunal Regional Eleitoral que o considerou apto a concorrer a prefeitura de Juazeiro do Norte.

A decisão é simbólica e além do fim dessas expectativas, dúvidas e incertezas, encerra outro capítulo: Juazeiro do Norte mantêm a tradição de nunca ter reeleito um prefeito. Glêdson Bezerra, que exerce o segundo mandato de vereador, acabou derrotando o prefeito Arnon Bezerra (PTB) que disputava a reeleição.

Arnon, desgastado na área política e administrativa, enfrentou operações da Polícia Federal na administração, deixou de honrar compromissos com aliados políticos e ao final do primeiro mandato tentou reunificar forças que o levaram a vitória em 2016, mas as articulações foram frustradas.

Eleições 2020

Glêdson Bezerra teve 50.715 votos em Juazeiro do Norte, equivalente a 38% dos votos válidos. 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp