Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Na próxima semana, o Brasil celebra o 7 de setembro, data em que o país se tornou independente de Portugal. Com a atual crise política no país, vários políticos tem se manifestado em favor da democracia. Entre eles, o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, deputado Evandro Leitão, que abriu a sessão plenária desta quinta-feira (02) com discurso em defesa do sistema democrático e das instituições brasileiras. Em alusão às manifestações agendadas para a próxima semana em favor do governo de Jari Bolsonaro, o parlamentar questionou manifestações de apelo autoritário.

Evandro enfatizou que é natural o sentimento de patriotismo, em especial diante do cenário de crise econômica e de desemprego vivenciado pela população no País, mas pediu para que a sociedade faça uma reflexão sobre a importância de se preservar o Estado Democrático de Direito.

“Até aqueles que atacam a democracia podem ir às ruas se manifestar graças à ela (democracia). A liberdade de expressão, no entanto, termina quando atacamos as instituições brasileiras. Sem elas, deixamos de existir enquanto sociedade. Nenhum arroubo autoritário deve ressoar, pois a democracia é a voz que legitima o nosso povo. Não nos enganemos com aqueles que querem fazer um levante para golpear todas as representatividades dos cidadãos. Seja o Congresso Nacional, o Supremo Tribunal Federal e o Sistema Eleitoral, que garantiu a integridade do processo de votação daqueles que hoje estão no poder e agora se voltam contra este mesmo sistema”, afirmou.

O presidente ressaltou o início da campanha Setembro Amarelo, que faz alusão à prevenção do suicídio.

“Esta Casa tem abraçado essa bandeira e criou, em 2019, a Frente Parlamentar de Combate à Depressão e ao Suicídio, que tive a honra de presidir e hoje é presidida pela deputada Érika Amorim. Em março, inauguramos ainda o Núcleo de Saúde Mental, na Casa, e em maio, aprovamos o projeto que institui o Fundo Estadual em Defesa da Saúde Mental e Combate à Depressão e ao Suicídio”, afirmou Evandro, que distribuiu fitas amarelas pela conscientização sobre o tema.

O parlamentar informou ainda que a Casa terá programação ao longo do mês.

Sobre o início da campanha Ceará 100% Imunizado, o deputado disse:

“Tivemos ontem uma reunião com representantes do setor produtivo, Ministério Público e Secretaria da Fazenda, para debatermos estratégias para a campanha de estímulo aos trabalhadores do comércio e indústria a tomarem as duas doses da vacina contra Covid-19”.

O deputado solicitou um minuto de silêncio aos mais de 24 mil óbitos no Ceará e 580 mil em todo o Brasil e se solidarizou com todas as famílias enlutadas.

(*) Com informações Assessoria de Comunicação

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp