Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Em mais uma ação do projeto Pacto Contra o Corona vírus no Ceará, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Fortaleza e a Faculdade CDL iniciaram, na manhã desta segunda-feira (05/07), a busca ativa de pessoas que ainda não se cadastraram para receber a vacina contra a Covid-19.

Para o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Evandro Leitão (PDT), trata-se de mais uma importante iniciativa no sentido de unir forças para acelerar os processos de cadastro para a vacinação. “Consequentemente, é um esforço também para conscientizar a população sobre a importância da imunização, bem como do uso de máscara, higiene das mãos e o distanciamento social, sempre que possível”, destacou o chefe do Legislativo estadual.

O parlamentar agradeceu o gesto da CDL, na figura do seu presidente, Assis Cavalcante, por ter se prontificado de imediato a integrar e contribuir com o Pacto Contra o Coronavírus no Ceará. De acordo com Evandro Leitão, a união de forças para agilizar o cadastramento de vacinação da população cearense foi a primeira ação decidida pelas 16 instituições que compõem o Pacto.

O presidente da CDL Fortaleza, Assis Cavalcante, salientou que a entidade tem o compromisso com a sociedade de participar junto com outras instituições desse projeto de enfrentamento ao novo coronavírus, a partir do momento em que conta com diversos associados.

O papel da CDL, neste momento, conforme reforçou, é colaborar para o cadastramento de vacinação da população que ainda não se registrou.

“O cadastramento é o primeiro passo para que haja a vacinação, então é necessário que a gente contribua nesse processo, chamando para nós essa responsabilidade de cadastrar as pessoas”, enfatizou.

Segundo Assis Cavalcante, os pontos de atendimento à população vão funcionar na sede da entidade lojista e na Faculdade CDL ao longo de duas semanas, para o cadastro das pessoas na plataforma Saúde Digital, no horário de 10h às 17h, de segunda-feira a sexta-feira.

“Recebemos aqui um fluxo grande de pessoas que vêm procurar informação, saber se estão negativadas, assim como a Faculdade CDL também recebe”, apontou o presidente da CDL.

Ele assinalou ainda que as pessoas que moram no entorno da entidade podem fazer uso dos serviços e realizar o cadastro.

“Sabemos que muitos podem não ter computador, acesso a internet ou habilidade necessária para fazer esse cadastramento, e aqui nós vamos proporcionar tudo isso”, comentou.

Para a realização do cadastramento, o cidadão precisa ter em mãos documento original com foto, CPF e comprovante de endereço. É obrigatório usar máscaras e manter distanciamento, conforme estabelece o Decreto em vigência.

Pacto

O projeto reúne 16 entidades representativas da economia cearense, instituições públicas e sociedade civil organizada: Assembleia Legislativa; Câmara de Dirigentes Lojistas do Ceará (CDL); Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec); Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Ceará (Fecomércio); Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJ-CE); Ministério Público Federal (MPF); Ministério Público Estadual (MP-CE); Defensoria Pública do Estado do Ceará; Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE-CE); Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Ceará (OAB-CE); Secretaria Estadual da Saúde (Sesa); Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza (SMS); Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece); Universidade Estadual do Ceará (Uece); Universidade Federal do Ceará (UFC); e Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon).  O Pacto recebe ainda o apoio técnico da Polícia Federal, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Ceará (ABIH-Ceará) e do Sindiônibus.

O Cadastro Solidário é uma das ações do Pacto, buscando atender a população de cerca de 28 bairros de Fortaleza que possuem os menores números de cadastrados.  As localidades foram selecionadas conforme a necessidade de cadastramento da população, seguindo dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). O Cadastro Solidário passará ainda por residenciais que possuem grande número de pessoas, como os que integram o programa “Minha Casa, Minha Vida”. Além das redes sociais, em cada bairro que receberá a ação, um carro de som passará anunciando o Cadastro Solidário para conhecimento da população.

(*) Com informações Assembleia Legislativa do Ceará

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp