Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Conselho Nacional de Previdência Social aprovou um pedido de investigação de associações suspeitas de descontar mensalidades diretamente nos benefícios de aposentados e pensionistas do INSS que não autorizaram esse tipo de cobrança.

A apuração, segundo a Previdência, será conduzida pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal. As supostas fraudes envolveriam a falsificação de assinaturas para autorizar os descontos indevidos.

Os alvos da averiguação são as entidades Anapps (Associação Nacional dos Aposentados e Pensionistas da Previdência Social), Centrape (Central Nacional dos Aposentados e Pensionistas do Brasil) e Riaam Brasil (Rede Ibero-Americana de Associações de Idosos).

Com informações Agora