Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) deflagrou na madrugada desta terça-feira (07), a Operação Occultu. A ação, que ocorreu no município de Ocara/CE, desmontou uma quadrilha que realizava assaltos a veículos e comércios localizados entre os quilômetros 70 e 100 da BR-116.

Durante a Operação, foram cumpridos mandados de busca e apreensão contidos numa ordem judicial expedida pelo Juiz da Comarca de Ocara. Foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão, quatro pessoas foram presas, um menor apreendido, uma balança de precisão com uma pequena quantidade de drogas também foi apreendida, uma motocicleta roubada e um veículo clonado foram recuperados. As pessoas detidas foram encaminhadas à Delegacia

Municipal de Chorozinho, onde foram enquadradas nos crimes de receptação, tráfico de drogas, resistência à prisão e por possuírem mandado de prisão em aberto. Entre os presos, está a esposa do líder da quadrilha, João Pequeno, preso durante Operação realizada pela PRF na mesma região ano passado. A esposa dava suporte à quadrilha desde a prisão do marido.

O irmão dele, muito violento, tentou resistir à prisão, mas também foi detido pelos policiais. O termo em latim “Occultu” deu origem ao nome da Operação, pois dois integrantes da quadrilha possuem tatuagens com gueixas e, na mitologia, uma gueixa com arpa significa o desejo de esconder seu próprio eu, sua personalidade.

Com informações PRF

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp