Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Município de Caucaia abre, nesta sexta-feira, 2, ao reunir o Grupo de Trabalho Adolescência e Juventude, mais uma etapa na mobilização para conquista do Selo Unicef 2017-2020. A primeira-dama Erika Amorim reuniu, nessa quinta-feira, 1º, a Comissão Intersetorial que desenvolve ações para o Município conquistar o Selo Unicef. Foi o segundo encontro do colegiado, que teve como marco a criação de Grupos de Trabalho (GTs). Participaram representantes de 13 secretarias, sociedade civil, conselho tutelar e conselhos municipais.

Os membros da Comissão Intersetorial foram divididos nos seguintes GTs: Adolescência e Juventude, Educação, Saúde e Social, além do grupo de trabalho de Segurança. A partir de agora, esses grupos promoverão reuniões periódicas para discutir indicadores e apresentar programas e intervenções que melhorem a qualidade de vida de crianças e adolescentes.

Os encontros, iniciados nesta sexta-feira, com o GT Adolescência e Juventude terão continuidade, na próxima segunda-feira, 5, com os componentes do GT Social e Segurança reunidas. No dia seguinte, terça-feira, 6, será a vez do GT Educação. Por fim, o GT Saúde se reunirá no dia 8 de fevereiro.

Enquanto articuladora do Selo em Caucaia, Erika participará de todas as quatro atividades. A ideia é que as propostas sejam apresentadas na próxima reunião da Comissão Intersetorial, agendada para 21 de fevereiro. “Juntos, nós vamos discutir, analisar e propor as ações para que a gente melhore os indicadores. Tudo com o suporte de especialistas. A partir disso, nós vamos formar um calendário de atuação. Em paralelo, vamos fazer audiências nas comunidades. Também pra colher sugestões. Porque a gente está vivendo situações que são consequências. E nós temos que trabalhar nas causas”, afirmou a primeira-dama.

Representantes da Saúde, Educação e Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica) apresentaram os principais indicadores e demandas de cada setor para Caucaia avançar na redução de desigualdades e na garantia de direitos de crianças e adolescentes.

Um dos projetos é a criação de cinco Núcleos de Cidadania dos Adolescentes. Os Nucas serão compostos por no mínimo 16 adolescentes e terão pontos de apoio em escolas localizadas na Sede, Jurema, Praia/Garrote, BR-222/Sertão I e BR-020/Sertão II. A escolha dos integrantes se dará por meio de votação.

A expectativa é de que núcleos estejam compostos até o fim de março. “Ao contrário do Grêmio Estudantil, o Nuca não é restrito a uma escola. Ele vai trabalhar uma região. E cada um terá a identidade que decidir ter: quilombola, indígena, LGBT… Nós temos um Plano Estratégico para oito desafios. Os Nucas vão ser espaços onde os adolescentes vão ter voz. Eles serão protagonistas”, esclareceu o mobilizador dos adolescentes e da juventude da Comissão Intersetorial e assessor da Secretaria Municipal de Governo e Articulação Política (Segov), Anízio Silva.

Presidente do Comdica, Evandro de Sousa, ressaltou a necessidade de Caucaia ter pelo menos mais um Conselho Tutelar. A cidade conta hoje com dois desses equipamentos (um na Sede e um na Jurema). “Nós estamos numa grande parceria com o município. A conquista do Selo Unicef é muito importante pra gente porque significa a garantia de direitos. E ter mais conselhos significa ampliar a capacidade de defendermos nossas crianças. A gestão já sinalizou que deve criar mais um. Vamos torcer para ser possível”, frisou.

O Selo

O Selo Unicef é uma certificação internacional expedida pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) a gestões municipais que reduzem desigualdades e garantem direitos de crianças e adolescentes. Caucaia está há pelo menos oito anos sem o prêmio.

Com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Caucaia