Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Um aumento de 415% no número de denúncias de preços abusivos em relação ao valor de alimentos nos supermercados e preços de itens como álcool em gel e máscaras foi registrado pelo Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon Fortaleza). A fiscalização dos valores dos produtos tem sido realizada pelo órgão municipal desde o início da pandemia do novo coronavírus.

Cerca de 232 denúncias de um total de 830 estão relacionadas aos preços elevados em supermercados. Os maiores aumentos são percebidos em itens como: arroz, feijão, ovos e frutas. As queixas vem sendo coletadas pelo Procon desde o último dia 19 de março.

As denúncias podem ser efetuadas pela Central de Atendimento ao Consumidor, através do número 151, ou pelo portal da prefeitura de Fortaleza, no campo Defesa do Consumidor, ou pelo aplicativo Procon Fortaleza.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp