Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Os cearenses que planejam uma viagem ao exterior precisam, inicialmente, checar as exigências do país de destino para autorizar a entrada. Além de conseguir o passaporte na Polícia Federal, o turista de sua primeira viagem internacional tem que enfrentar a burocracia para obter o visto. Atualmente, 57 países exigem visto dos brasileiros, segundo o monitoramento online da Henley & Partners, consultoria canadense de obtenção de cidadania e residência.

O passaporte nacional garante a entrada livre em 169 nações, segundo o ranking e o Brasil ocupa a 18ª posição nessa lista. Hoje os passaportes que mais abrem portas são o do Japão e o de Singapura, que permitem o ingresso livre em 189 países.

Os brasileiros pagam uma taxa de emissão de passaporte de R$ 257,25. O processo é feito pela Polícia Federal. Em Fortaleza, o posto da PF funciona no Iguatemi. Além desse custo com a PF, o turista tem de arcar ainda com as despesas das taxas consulares.

Desde dia 17 de junho, passou a vigorar o decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro determinando a isenção de vistos para cidadãos americanos, australianos, canadenses e japoneses que desejam entrar no Brasil. A medida, no entanto, não foi acompanhada de reciprocidade, ou seja, os brasileiros ainda são obrigados a obter autorização para entrar nesses quatro países.