Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
A Prefeitura de Caucaia encaminha à Câmara Municipal de Caucaia o projeto de Lei para contratar, junto ao Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), operação de crédito de US$ 80 milhões de dólares para financiar o Programa de Infraestrutura de Caucaia. Após votação na Câmara, a mensagem será encaminhada para o Senado até, por fim, chegar no Planalto.
“Esse investimento será imprescindível para que possamos transformar Caucaia, algo inédito no nosso município. São diversas ações que compreendem a requalificação do Centro da Sede, de praças e das principais avenidas do município, por exemplo. Caucaia terá uma nova cara”, pontua Naumi Amorim.
No início deste mês, o prefeito Naumi Amorim esteve reunido em Brasília com os diretores do CAF, Jaime Holguín e Rafael Neto. Na ocasião, foi anunciado que o empréstimo para Caucaia deve entrar na pauta da próxima reunião da instituição, que acontece em julho.
Titular da Secretaria Municipal de Infraestrutura, Kleber Correia pontua que o Programa vai ser fundamental para a organização do município. “Caucaia cresceu muito nos últimos anos e esse crescimento se deu de forma desorganizada e sem planejamento. Isso ocasionou a degradação de diversas regiões. Tudo isso gerou problemas que o Programa nos ajudará a resolver”, explica o secretário.
O Programa de Infraestrutura Integrada
O Programa de Infraestrutura Integrada é um documento que reúne intervenções socioambientais de mobilidade urbana, inclusão social e geração de emprego e renda em Caucaia. Com o recurso, a Prefeitura qualificará vias urbanas, requalificará rotas de ônibus, implantará vias estruturantes, construirá viadutos, pontes e passagens de nível, urbanizará lagoas e criará um Centro Social de Eventos, ecopontos, praças e um sistema de videomonitoramento e iluminação pública.
Missão CAF
Iniciada no fim de fevereiro e com duração de três dias, executivos do CAF estiveram no município para avaliar as ações do Programa de Infraestrutura Integrada em Caucaia. A “Missão CAF” compreendeu reuniões e visitas às localidades que deverão receber as obras, conhecendo detalhadamente cada projeto. Foi concluída com a assinatura da “Ajuda Memória”, documento que representa uma síntese de tudo o que a comitiva presenciou nas visitas técnicas.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp