Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Até esta sexta-feira (13), o Governo do Ceará, através da Secretaria do Desenvolvimento Agrário vai distribuir peixes recém saídos de ovos em açudes públicos de 30 municípios cearenses. Entre as espécies que serão distribuídas estão tilápia, tambaqui, carpa e curimatã. A ação faz parte do Projeto de Peixamento 2019.

A estimativa da Coordenadoria de Desenvolvimento da Pesca e Aquicultura Familiar (Copea/SDA), responsável pela execução do projeto, é que os peixes repovoem os açudes de Brejo Santo (50 mil unidades), Jati (15 mil), Barro (21,5 mil), Pena Forte (15 mil), Mauriti (25 mil), Nova Olinda (10 mil), Caririaçu (15 mil), Várzea Alegre (55 mil), Potengi (70 mil), Santana do Cariri (10 mil), Salitre (10 mil), Altaneira (10 mil), Araripe (15 mil), Assaré (15 mil), Campo Sales (20 mil), Banabuiu (150 mil), Crato (15 mil), Jardim (25 mil),Juazeiro do Norte (10 mil), Milagres (10 mil), Tarrafas (10 mil),Porteiras (10 mil), Missão Velha (10 mil), Abaiara (10 mil), Aurora (10 mil) Itaiçaba (15 mil), Palhano (20 mil), Meruoca (30 mil), Viçosa do Ceará (15 mil) e Umirim (50 mil).

Lançado em outubro, o projeto já ultrapassou a marca de 2.582.082 peixes entregues em 73 municípios cearenses, distribuídos em áreas represadas.

Até o primeiro trimestre de 2020, a expectativa é que sejam distribuídos 5,5 milhões de alevinos e beneficiados 60 mil famílias que vivem em torno dos mil maiores açudes e barragens do Estado. O investimento do Governo do Ceará é de R$ 800 mil e a estimativa de produção é de 1.200 toneladas de peixes.

Prefeituras, associações, sindicatos e colônias de pescadores podem fazer o pedido do Programa de Peixamento através de solicitação junto a SDA até 20 de fevereiro de 2020. Para acessar o repovoamento de um ou mais reservatórios, o solicitante deve informar seus dados, como nome e capacidade de armazenamento. O pedido deve ser feito na sede da SDA.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp