Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O projeto oferece, além de banho de mar assistido por profissionais, vôlei adaptado, frescobol e piscina
O Projeto Praia Acessível, realizado pelo Governo do Ceará em parceria com a Prefeitura de Fortaleza e o Hotel Sonata, recebeu, nesta quinta-feira (19/01), a visita da Seleção Brasileira de Tênis em Cadeira de Rodas Juniors.

Em meio a uma semana de treinos na capital cearense, o grupo, composto por nove atletas e sete técnicos, curtiu uma manhã de lazer no projeto. Com o objetivo de promover acessibilidade de idosos, pessoas com deficiência e com mobilidade reduzida, o Praia Acessível foi inaugurado em 31 de março de 2016 e já está próximo dos mil atendimentos.

O grupo composto por nove atletas, de 12 a 18 anos, dos estados de Minas Gerais, Goiás, Distrito Federal, São Paulo, Santa Catarina e Rio de Janeiro e seus técnicos aproveitaram a manhã de lazer e elogiaram o projeto. “O projeto é fantástico! Adoramos a iniciativa do Estado e da Prefeitura. Já estamos aqui em Fortaleza desde o domingo. O treinamento é muito intensificado, e aí serve para eles espairecerem um pouco a cabeça. É necessário esse relaxamento, e o projeto dá a oportunidade de fazer isso. Se não fosse o Praia Acessível, como é que a gente ia fazer? A gente só tinha possibilidade de ir para uma piscina”, ressaltou. “Muitos que estão aqui não são do litoral. Temos pessoas de Minas Gerais, do Distrito Federal, de Goiás, do interior de São Paulo, que não têm acesso à praia”, destacou.

Os atletas Jucélio Torquatro, 16 anos, e Maria Fernanda Alves, de 16 anos, que visitaram o projeto, partirão direto de Fortaleza para a França, onde representarão o Brasil no evento mundial “Cruyff Foundation Junior Masters”, que une os oito melhores juniors do mundo para a disputa pelo título. “Eu gostei, achei muito legal. Joguei vôlei adaptado e entrei na água com a cadeira boiando”, afirmou Jucélio.