Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Começou a tramitar nessa quinta-feira (24), na Assembleia Legislativa do Ceará, um Projeto de Lei, de autoria do deputado Queiroz Filho (PDT), que dispõe sobre um plano de emergência para a entrega regular de remédios a portadores de doenças crônicas durante a pandemia do Covid-19.

“O Ceará vive as consequências da pandemia do novo coronavírus e sabemos que as pessoas incluídas no grupo de risco são as mais afetadas. Com a ampliação do prazo dos receituários, podemos evitar com que as pessoas do grupo de risco, que necessitam de medicamentos para o uso contínuo, se desloquem de suas residências e se exponham ao risco de contaminação”, explica Queiroz Filho.

O Projeto de Lei busca acrescentar o Parágrafo único ao Art 1° da Lei N° 17.241, de 21 de julho de 2020, para que os receituários de medicamentos sujeitos à controle especial, que contenham a indicação de uso contínuo ou o período de tratamento superior a trinta dias, tenham validade de até 12 meses, a contar da data de emissão, desde que com prescrição médica.

(*) Com informações da assessoria do deputado.