Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
A Assembleia Legislativa começou a analisar nesta terça-feira (18), oito projetos, entre eles, o projeto que promove a reestruturação remuneratória para praças e oficiais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiro Militar do Estado do Ceará.
Também tramita na Casa, a proposta que altera a Lei nº 14.101, fixando novo piso salarial aos Agentes Comunitários de Saúde vinculado ao Estado do Ceará.

Veja mais projetos que estão em andamento na AL:

Já o  projeto 01/20 cria a Autoridade Reguladora da Qualidade dos Serviços de Saúde (ARQS) no âmbito da Secretaria de Estado da Saúde.

Dos projetos de lei de parlamentares, o 29/20, da deputada Érika Amorim (PSD) trata da obrigatoriedade de estabelecimentos de saúde, da rede pública e privada do Estado, afixarem em suas recepções o informativo de que possuem a relação nominal das instituições que compõe a rede de Atenção Psicossocial no Ceará.

30/20, do deputado Salmito (PDT), denomina de Olavo Facó, o trecho da CE-497, que liga a sede do município de Beberibe à localidade do Boqueirão do Cesário.

Entre os projetos de indicação, o de nº 17/20, do deputado André Fernandes (PSL), inclui a disciplina “dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos” previstos no art. 5º da Constituição Federal de 1988.

18/20, da deputada Érika Amorim, dispõe sobre a instituição do Programa Estadual de Voluntariado para atendimento à infância e adolescência no âmbito do Ceará.

Enquanto o 19/20, do deputado Salmito, institui a Política Estadual de Negócios de Impacto e dá outras providências.

Depois da leitura no Plenário, as matérias seguem para análise da Procuradoria da AL. Em seguida, para as comissões técnicas da Casa. Se aprovadas, serão encaminhadas para votação em Plenário. No caso de projetos de indicação, por se tratar de sugestão, cabe ao Governo, se acatar, enviar as propostas em forma de mensagem para apreciação da Casa.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp