Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Em nota divulgada nesta noite, a bancada do PT na Câmara disse “estranhar” a decisão do juiz Raffaele Felice Pirro, da 1ª Vara Federal de Angra dos Reis (RJ), ao decretar sigilo nas investigações sobre a queda do avião que vitimou o ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki na semana passada. Na mensagem, o partido defende a transparência nas apurações e pede que o magistrado reveja sua decisão.

“Diante do enorme interesse público sobre o episódio, consideramos imperativo que a apuração deste acidente seja feita com a maior transparência possível”, diz o texto assinado pelo líder Carlos Zarattini (SP). Os petistas pregam que as investigações ocorram “de forma independente e cristalina”.

“Solicitamos, portanto, que o mencionado juiz reveja a sua decisão, de modo que não seja violado o direito da sociedade brasileira a informações de evidente e indiscutível relevância”, finaliza.

Fonte: Estadão Conteúdo