Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O PT uniformizou o discurso, superou conflitos entre correntes internas e se prepara para oficializar a pré-candidatura da deputada federal Luizianne Lins à Prefeitura de Fortaleza. As divergências entre os grupos que controlam os delegados com direito a voto no Encontro Municipal estão no passado após a reunião, no último sábado, via remota, entre representantes das diferentes correntes responsáveis pelos votos no Encontro Municipal.

Considerada prioridade do PT na agenda das eleições municipais de 2020, Fortaleza representa, após o encontro das lideranças da sigla na Capital, um problema a menos para a Executiva Nacional. ‘’Temos uma agenda com muitas pré-candidaturas em pequenas, médias e grandes cidades e, entre as Capitais, Fortaleza é uma das prioridades, daí a preocupação de unirmos o partido’’, disse o deputado José Airton Cirilo, um dos entusiastas da pré-candidatura de Luizianne.

Prefeita por dois mandatos (2005-2008 e 2009-20130 e, atualmente, no segundo mandato de deputada federal, Luizianne se manteve como o maior nome eleitoral do PT em Fortaleza. Com a expressiva votação na eleição de 2018, reeleita com 173.777 votos, sendo 111.257 sufrágios somente na Capital, ela se consolidou para voltar a concorrer à Prefeitura.

Com a pré-candidatura à Prefeitura de Fortaleza definida, as expectativas dentro do PT se voltam agora à manutenção ou não do calendário das eleições municipais. ‘’ A segunda quinzena de junho, quando o presidente Rodrigo Maia voltará a se reunir com os líderes de bancadas, terá uma decisão sobre a apresentação de uma PEC propondo o adiamento das eleições’’, expôs José Airton, que sente um ambiente favorável a transferência de data do pleito que irá escolher novos prefeitos e vereadores.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp