Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Mandato suspenso! A partir desta sexta-feira (21), o deputado estadual André Fernandes (Republicanos) está suspenso de suas atividades parlamentares e só poderá retornar com voz ativa na Assembleia Legislativa no dia 19 de setembro. André teve o mandato suspenso por 30 dias como punição por quebra do decoro parlamentar.

“Em meio aos conflitos e divergências ficou o recado duro dado de forma inédita pela Assembleia Legislativa em toda a sua história a um deputado estadual que tem pela primeira vez os direitos como parlamentar suspensos por um período de 30 dias. A partir de hoje, André Fernandes já está sem mandato parlamentar”, afirmou o jornalista Luzenor de Oliveira ao comentar o assunto dentro do Alerta Geral desta sexta.

No Bate-Papo político, o jornalista Beto Almeida também comentou a suspensão do mandato de André. O deputado que foi punido por tornar público acusações de que o deputado Nezinho Farias (PDT) teria relações com facções criminosas, agora fica sem direito a representação na Assembleia, sem o salário e fica sem direito de participar das reuniões na AL, segundo Beto.

“Sem dúvida é um marco que eu diria que não é bom pra história da Assembleia Legislativa, é um fato inédito porque de certo modo atinge a representatividade parlamentar. A punição ao deputado André Fernandes ela teria que acontecer de algum modo, porque senão deixaria o poder legislativo sob criticas muito fortes da sociedade“, disse Beto Almeida.

Beto Almeida ainda pontuou que a decisão do parlamento foi importante para que os deputados passem a ter mais responsabilidade com aquilo que dizem: “Talvez a melhor lição que se possa tirar dessa questão do André Fernandes é de que os deputados passem a entender que o que eles falam e dizem aqui repercute e repercute bem ou mal, isso vai depender do entendimento que cada um tema”, finaliza.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp