Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A queda na renda empobrece ainda mais os brasileiros e milhares de cearenses sentem dentro de casa as limitações no orçamento doméstico como consequência da pandemia do novo coronavírus. Essa realidade pode ser observada através dos dados presentes no levantamento do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgado nessa quinta-feira (2).

De acordo com o instituto, a Covid-19 provocou R$ 52 bilhões em perdas salariais no mercado de trabalho em maio. Sandro Sacchet, pesquisador do Ipea e autor do estudo, informou que a renda média dos trabalhadores formais encolheu 18% no quinto mês do ano, ou seja, o rendimento efetivo foi de 82% do valor habitual.

O estudo foi elaborado a partir dos microdados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua e da massa de rendimentos captada na PNAD Covid-19, ambas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os trabalhadores informais, mais idosos e com menor escolaridade foram os mais afetados por essa perda nos salários.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp