Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Receita Federal postergou o pagamento do Pis/Pasep, Cofins e da contribuição patronal. No Ceará, cerca de 110 mil empresas serão beneficiadas com a medida, o que corresponde a um volume de recursos de R$ 900 milhões. 

Antes da ação, o pagamento estava previsto para os meses de abril e maio. Agora, as empresas terão que quitar as contas com a Receita entre agosto e outubro deste ano, respectivamente. De acordo com o órgão, as empresas não irão sofrer multas ou juros, se efetuarem o pagamento dentro do prazo estabelecido. 

A decisão faz parte de uma série de medidas que vêm sendo efetuadas pelo órgão para enfrentar a pandemia do coronavírus. A receita pontua que a medida tem por objetivo gerar um fluxo de recursos mais relevantes para as empresas e contribuir para a manutenção dos empregos. No Brasil, o valor total de recursos postergados é da ordem de R$ 800 bilhões.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp