Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Um aumento de 24,1% na recuperação de veículos foi registrado desde a implantação do S25 Provisório, ocorrida no mês de setembro de 2017. Este é o balanço do mecanismo desenvolvido pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) que, atualmente, investe no uso de novas tecnologias em prol da população cearense e no combate às ações criminosas em todo o estado.

Em números, isto corresponde à recuperação de 4.479 veículos em quatro meses, entre roubados e furtados, contra 3.610 do mesmo período no ano de 2016.

O titular da SSPDS, André Costa, explica a crescente na recuperação devido a criação do S25 e o foco da segurança nessa situação.

Um dos últimos registros do ano de 2017 ocorreu no bairro Passaré, na madrugada do dia 30 de dezembro. A vítima teve seu carro tomado de assalto no bairro Aldeota, por volta da meia-noite. De imediato, o proprietário acionou a Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) e seu automóvel foi incluído no S25 provisório.

Com a ligação, os dados da ocorrência foram inseridos nos sistemas da Ciops e do Alerta Brasil da Polícia Rodoviária Federal (PRF), por 72 horas. Antes, dados de veículos subtraídos só eram inseridos após o registro do Boletim de Ocorrência (BO). A nova medida acelera as buscas pelo bem levado, enquanto os trâmites legais são realizados.

E foi com essa agilidade, que o Fox roubado teve suas placas detectadas por sensores espalhados pela Capital. Uma composição da Polícia Militar do Ceará (PMCE) foi acionada e o suspeito foi localizado no Passaré, por volta das 3 horas da madrugada. Ao perceber a aproximação da viatura policial, o suspeito empreendeu fuga, mas acabou preso no bairro Parangaba.

O condutor, identificado por Lucian da Silva Macedo (28) – conhecido por “Marreta”. Ao verificar a identificação do suspeito no Sistema de Informações Policiais (SIP), foi constatado que ele possuía um mandado de prisão preventiva pelo crime de homicídio, além de pelo menos dez passagens pela Polícia por tráfico de drogas, receptação, roubo e veículo e porte ilegal de arma de fogo, crime contra a administração pública e contra a paz pública.

Após a vítima ter o seu bem recuperado, é imprescindível que o carro ou motocicleta sejam levados até a sede da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC), onde são realizadas as tratativas para normalizar a situação do veículo. Com isto, os dados são atualizados no sistema policial, evitando que o proprietário passe com o veículo em um dos sensores em Fortaleza e seja detectado erroneamente como roubado.

O secretário André Costa ressalta que com o novo aparato tecnológico, a Polícia está podendo, além de recuperar os automóveis, prender os criminosos.

Neste sábado (27), o governador Camilo Santana vai implantar o Batalhão de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) em Aracati. Na oportunidade, será inaugurado o funcionamento das câmeras de monitoramento na cidade.

O titular da pasta afirma que a expansão do monitoramento no Interior e a criação de novas tecnologias que auxiliem o trabalho de inteligência da Polícia é uma das metas para 2018.

Com informações Governo do Estado do Ceará