Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Foto: Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), abriu na tarde desta terça-feira (9), a sessão extraordinária que vai discutir o parecer do deputado Samuel Moreira (PSDB-SP) sobre a proposta de reforma da Previdência. Os deputados devem debater a proposta no plenário da Casa, em primeiro turno.

Antes do início da sessão, líderes partidários se reuniram na residência oficial da Presidência da Câmara, para negociar com Maia uma solução diante do anúncio da oposição de que usará todos os instrumentos possíveis para obstruir a votação.

A proposta de emenda à Constituição (PEC) da Previdência precisa do voto de 308 dos 513 deputados (60%), em dois turnos de votação, para ser aprovada. Em seguida, o texto segue para análise do Senado.

Parlamentares mais otimistas acreditam que é possível aprovar ainda hoje, o texto-base da PEC, deixando pendente para esta quarta-feira (10) somente a análise de eventuais emendas e destaques (propostas de alteração no texto original) que vierem a ser apresentados em plenário.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp