Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A votação em 1º turno da reforma da Previdência, programada para esta terça-feira (23), foi adiada pelo presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre (DEM-AP) para quarta-feira (25). A decisão de Alcolumbre surpreendeu a Casa Civil e o Ministério da Economia, que não foram comunicados com antecedência e esperavam que a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) fosse votada na tarde de amanhã.

A informação foi divulgada pelo Twitter de Alcolumbre. O presidente do Senado anunciou que realizará às 15h de amanhã sessão do Congresso Nacional para votar o PLDO (Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias). Ele também declarou que a sessão do Senado que iniciará o primeiro turno de votação da reforma da Previdência ocorrerá a partir das 16h.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp