Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O relator da reforma da Previdência, na Câmara, deputado Arthur Maia, disse nessa quarta-feira que a aprovação da matéria é algo irreversível, independente da atual crise política.

Segundo ele, a base governista na Câmara foi mantida mesmo com a crise e, em seus cálculos, mais de 280 deputados irão votar a favor da reforma.

O deputado afirmou que, no caso de um afastamento de Temer, o país poderá entrar em mais um momento difícil. Maia disse que o Congresso não interromperá as votações, mesmo diante de possíveis pedidos de vista do processo, no TSE.