Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O bloqueio de benefícios pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), por não realização da prova de vida em razão da pandemia, segue suspenso até o fim de novembro. Ou seja, aposentados e pensionistas que não fizeram o procedimento entre março e outubro deste ano não serão prejudicados até o fim do próximo mês.

Mas com a aproximação do prazo, o INSS já estuda uma forma gradual de retomar a suspensão dos pagamentos, sem promover uma corrida de beneficiários aos bancos. Segundo a instituição, não há detalhes de como será o retorno da rotina de bloqueio, suspensão e cessação de benefícios por falta de realização de prova de vida, mas ela não acontecerá ao mesmo tempo para todos os beneficiários.

A prorrogação vale para os beneficiários residentes no Brasil e no exterior. Ainda assim, a comprovação da prova de vida continua sendo realizada normalmente pelo bancos e, quem quiser e puder, pode adiantá-la, para evitar encontrar as agências cheias depois.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp