Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Fundação Getulio Vargas (FGV) divulgou, nesta quarta-feira (3), dados que apontam um crescimento de 8,48% na taxa de retorno de renda para quem tem imóveis comerciais. O índice da FGV tem como base o acumulado de quatro trimestres e foi calculado a partir de uma amostra composta por 531 imóveis.

As informações, que constam do Índice Geral do Mercado Imobiliário – Comercial (IGMI-C), também indicam que, no mesmo período, a taxa de retorno total teve aumento de 7,91%. O retorno de capital, na contramão, apresentou queda de 0,54%.

“A melhora da evolução da rentabilidade dos imóveis comerciais no Brasil continua condicionada à reversão do atual quadro de queda na atividade econômica, esperada ao longo de 2017”, informa a fundação.

Primeiro trimestre

No primeiro trimestre de 2017, o aumento da taxa de retorno de renda foi de 1,89% e da taxa de retorno total, de 1,68%. Já a taxa de retorno do capital, que caiu 0,21%, apresentou o quarto trimestre consecutivo de retração, um pouco inferior, porém, àquela observada no quarto trimestre de 2016.

A taxa de retorno da renda desacelerou com relação ao trimestre anterior, apesar da queda nos preços captada pela menor rentabilidade do capital. A taxa de retorno anualizada continuou a tendência de redução observada desde o último trimestre de 2013.

Fonte: Portal Brasil, com informações da Agência Brasil e da FGV