Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes foi submetido a uma cauterização nos vasos sanguíneos do órgão, na noite da terça-feira, 25, depois de apresentar um sangramento urinário devido a um crescimento benigno da próstata.

Segundo Alex Meller, urologista da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e membro da Sociedade Brasileiro de Urologia, o crescimento da próstata – hiperplasia prostática benigna – atinge cerca de 14 milhões de homens no Brasil e é mais comum após os 50 anos.

Em 50% dos casos, os pacientes apresentam sintomas como jato da urina mais fraco, demora para esvaziar a bexiga e aumento da frequência urinária. Já a presença de sangue no xixi tende a ocorrer quando a pessoa fica exposta a situações de grande estresse. Com isso, a pressão arterial sobe, rompendo vasos no órgão, o sangue flui para a bexiga e forma coágulos que dificultam a micção e causam dor ao urinar.

Como tratar

Normalmente, o tratamento ocorre com raspagem da próstata ou medicação. Quando ocorre a retirada dos coágulos da bexiga é necessário cauterizar os vasos – procedimento realizado em Ciro Gomes.

Caso o problema volte após o candidato receber alta e a próstata estiver ainda maior, há a possibilidade de cirurgia para reduzi-la, com objetivo de evitar novos sangramentos e problemas urinários. Com essa intervenção, a chance de o problema ocorrer novamente é muito pequena.

Com informações do Portal Uol Notícias