Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A eleição para a presidência da Assembleia Legislativa está fechando um ciclo importante de articulações. E, como maior partido da Casa, com 14 parlamentares eleitos, o PDT terá a presidência – até aí nenhuma novidade, a não ser o fato de que já está definido o nome do deputado José Sarto para comandar o Legislativo Estadual.

Sarto, reeleito para o sétimo mandato consecutivo de deputado estadual, atropelou, literalmente, todos os demais nomes que vinham sendo cotados desde que retornou das férias e mostrou ter apoio dos irmãos Ciro e Cid Gomes para concorrer ao cargo.

O  pedetista não era exatamente o nome preferido do governador Camilo Santana para o cargo. No radar político de Santana, nomes como os de Tin Gomes e Evandro Leitão despontavam com muito mais propriedade numa eleição que pudesse ser marcada com seu DNA político.

Com a saída de Zezinho Albuquerque para a Secretaria de Cidades, o jogo parecia ter sido zerado, com vantagem para o governador. Mas, não há vácuo na política e as estruturas de poder foram logo repensadas. Daí, José Sarto ganhou fôlego pela ligação que tem com os irmãos Ferreira Gomes.

Para agilizar o processo, também avançou entendimento segundo o qual nenhum dos nomes que forem, agora, para a Mesa Diretora poderão ser candidatos à reeleição. A medida vai permitir que nos dois últimos anos da Legislatura outros nomes possam vir a ser indicados para presidir a Casa.

Outro desdobramento aguardado é o de que Tin Gomes  possa mudar de partido, mantendo-se, claro, na base governista. Caso se mantenha na Mesa Diretora e permaneça no PDT, estaria inviabilizada uma possível candidatura sua daqui a dois anos.

As negociações prosseguem, agora, no processo de escolha dos principais cargos da Mesa Diretora e das presidências das comissões técnicas da Casa. Seja como for, o processo de escolha do presidente da Assembleia Legislativa não causa nenhuma ruptura no grupo político de Camilo Santana com os irmãos FG, mas tira um pouco da primazia de ter um eleito com a sua cara e roupagem da nova gestão.

Beto Almeida

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp