Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Sebrae lançou, nesta segunda-feira (28), o Guia do Candidato Empreendedor e tenta, com essa proposta, incluir os pequenos negócios que geram milhões de empregos na agenda da campanha das eleições municipais. A iniciativa tem como objetivo apresentar alternativas aos candidatos municipais para investirem no desenvolvimento econômico sustentável e na geração de empregos, através do apoio ao empreendedorismo, e com isso, melhorar o ambiente de negócios nas cidades brasileiras, antes, durante e após as eleições.

O lançamento do Guia do Candidato Empreendedor reuniu dirigentes do Sebrae, da Frente Parlamentar Mista da Micro e Pequena Empresa, da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), do Instituto Rui Barbosa, com a Associação Nacional dos Membros do Ministério Público e da Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil.

O presidente do Sebrae, Carlos Melles, chamou atenção para a dimensão do impacto do Guia do Candidato Empreendedor, ao citar a capilaridade das instituições envolvidas.

“Nessas eleições temos um recorde de candidatos aos cargos de prefeitos e vereadores. Há muitas pessoas interessadas nos pleitos. Temos a chance de atingir mais de 5400 municípios brasileiros, com o apoio de todos os envolvidos. O Guia do Candidato Empreendedor é mais uma ação do Sebrae pautada no incentivo ao empreendedorismo”, disse o presidente do Sebrae, Carlos Melles, ao chamar atenção para a dimensão do impacto do Guia do Candidato Empreendedor, ao citar a capilaridade das instituições envolvidas.

ESTÍMULO AO CRESCIMENTO DA ECONOMIA

“Mais uma vez o Sebrae cumpre seu compromisso de estimular o crescimento das pequenas empresas no país. Estabelecer um compromisso de vereadores e prefeitos com o empreendedorismo é expandir a nossa consciência política”, destacou José Roberto Tadros, presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae, ao reforçar as palavras de  Carlos Melles e endossar a importância de estimular a pauta entre a classe política.

O diretor de administração e finanças do Sebrae, Eduardo Diogo, destacou o papel da coletividade na execução do Guia do Candidato Empreendedor.

“Essa iniciativa possui em seu DNA a coletividade. Além do seu gigantesco impacto, falar desse Guia é falar de poder e autoridade. Mas veja, não falo daquele poder desértico, inócuo e vaidoso. O poder que estamos falando, ao tratar de empreendedorismo, é o poder inovador, poder transformador, que toca o coração e aprimora a vida das pessoas”, observou.

TRABALHO METICULOSO E OPORTUNIDADE DE INOVAR

O diretor técnico do Sebrae, Bruno Quick, ao fazer a apresentação do Guia do Candidato Empreendedor, expôs otimismo.

“O trabalho se inicia agora com o lançamento do Guia, durante o período eleitoral, mas a nossa proposta traz um plano de trabalho para os quatro anos de mandato. Fizemos um trabalho meticuloso e qualificado. Queremos estabelecer um diálogo entre prefeitos e vereadores junto aos empreendedores. No pós-eleição, temos a intenção de visitar cada um dos municípios brasileiros para melhorar o ambiente de negócios”, observou Quick.

EMPREENDEDORISMO, UMA PAUTA APARTIDÁRIA

O Presidente da Frente Parlamentar Mista da Micro e Pequena Empresa, Jorginho Mello, classificou  empreendedorismo é uma pauta apartidária e deve ter atenção de todos os políticos.

Sem dúvidas a inovação e o fortalecimento dos micronegócios é uma questão suprapartidária. O Sebrae mais uma vez se mostra parceiro do empreendedor e o lançamento desse Guia vem no momento certo. Temos que propor antes o que será executado depois. Melhorando o ambiente de negócios, vamos melhorar a economia e superar essa fase de pandemia, que tanto afetou nosso desenvolvimento, observou Jorginho Mello.

O presidente da Confederação Nacional dos Municípios, Glademir Aroldi, parabenizou o lançamento do Guia do Candidato Empreendedor e se comprometeu a apresentar as propostas do Sebrae dentro do movimento municipalista.

“O pequeno negócio é responsável por boa parte dos empregos e geração de renda, estamos precisando muito disso nesse momento. A CNM vai trabalhar para que esse guia chegue ao maior número de candidatos possível. Vamos apresentar essa proposta do Sebrae como uma parceria que vai ajudar os municípios a crescerem economicamente. A parceria do empreendedor com o gestor local tem sucesso comprovado”, declarou Aroldi.

(*) Com informações da Assessoria de Imprensa do Sebrae