Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Caucaia se movimenta para ocupar o seu lugar dentro do Complexo Portuário do Pecém. A Secretaria do Trabalho e Empreendedorismo, Lais Sales, vai comandar uma comitiva da pasta, juntamente com vereadores, para uma visita à Zona de Processamento de Exportação-ZPE do Porto do Pecém. O convite partiu do assessor especial para Assuntos Internacionais do Governo do Estado, Antônio Balhmann. O objetivo é conhecer como funciona a ZPE para aproveitar ao máximo essa ferramenta impulsionadora de emprego.

Segundo Laís Sales, Caucaia sofre as terríveis consequências do desemprego, mas possui uma grande perspectiva com o Porto do Pecém. “Vamos aproveitar esse espaço de emprego para nossos jovens”, disse a secretária, destacando que somente no primeiro mês de gestão, a secretaria já recebeu 450 novos currículos de jovens em busca de emprego.

O encontro foi agendado com o presidente da ZPE no Porto do Pecém, Mario Lima Júnior, para segunda-feira, às 10 horas. Lais destaca que a visita será de grande importância para a Caucaia, por isso resolveu convocar os vereadores para que reforcem essa mobilização, justificando que “está na hora do município preencher as vagas de empregos que o Pecém gera”.

A demanda de currículos na secretaria cresce assustadoramente. “Vamos entender melhor como funciona a ZPE e ver como os nossos jovens podem ocupar essas vagas”, disse Lais. Os vereadores, por sua vez, cobram cursos profissionalizantes para qualificação dos jovens caucaienses. O vereador Jorge Luiz observou que o Município ainda não despertou para o potencial de retorno que o Porto do Pecém pode dar, ao contrário do município de São Gonçalo que tem se beneficiado e agregado valor econômico à sua população.

Mas, para isso, é necessário que a população de Caucaia se prepare, por meio de cursos profissionalizantes. “Esse é nosso gargalo”, rebateu a vereadora Germana Sales, defendendo que a Secretaria de Trabalho elabora um diagnóstico quanto ao número de empresas e o que elas podem dar de retorno para Caucaia. Laís Sales observou que estão previstas as instalações dos pólos de granito, calçadista e metalomecânica. “Vamos buscar junto à Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social condições para capacitar nossos jovens e, consequentemente, ocupar essas vagas.