Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
O secretário da Segurança Pública e Defesa Social, André Costa, participa da LXV Reunião do Colégio Nacional de Secretários de Segurança Pública, que acontece nesta terça (04) e quarta-feira (05), no Cento de Convenções Riocentro, no Rio de Janeiro. O evento, que reúne os titulares das pastas responsáveis pela segurança nos 27 estados mais o Distrito Federal, além de representantes do Ministério da Justiça, trata de temas de interesse de todas as unidades federativas. A reunião faz parte da programação da Feira Internacional de Defesa e Segurança – LAAD Defense & Security.

Neste primeiro dia de evento, estão sendo tratadas pautas legislativas referentes à segurança, que tramitam na Câmara dos Deputados e no Senado Federal. Durante a reunião, foi realizada ainda a eleição para a próxima direção do colegiado. O planejamento de programas e projetos da entidade para 2017 também foi discutido. “O maior destaque, a bandeira levantada pelos secretários dos estados é realmente a luta por um projeto de emenda constituição para criação no orçamento uma destinação, como tem na Saúde e na Educação, de um valor mínimo previsto para a segurança pública. Para trazer uma maior autonomia financeira orçamentária para as pastas. Ter uma garantia de um orçamento mínimo”, desta o secretário André Costa.

Sobre o Consesp

Fundado em 07 de abril de 2003, o Consesp é um órgão colegiado, com funções planejadoras, executoras, consultivas, deliberativas e representativas, tem por finalidade básica, o assessoramento especial aos Secretários Estaduais de Segurança Pública no acompanhamento e avaliação da política das ações de segurança pública em todas as esferas governamentais.

Reunião Polícias Militares e Corpos de Bombeiros

O coronel Comandante Geral da Polícia Militar do Ceará, Ronaldo Mota Viana, e o coronel Comandante Geral do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará, Heraldo Pacheco, participam da 1ª Reunião Ordinária do Conselho Nacional de Comandantes Gerais das Polícias Militares e Corpo de Bombeiros Militares – CNCG de 2017, que também ocorre simultaneamente a Feira Internacional de Defesa e Segurança – LAAD Defense & Security. O evento inicia hoje (04) e segue até o dia 07 de abril, no Centro de Convenções Riocentro, na cidade do Rio de Janeiro.

“Essa é a primeira reunião que participo com todos os outros comandantes do Brasil, a intenção é encontrar novas ideias de segurança para a comunidade policial e levá-las para o Ceará com finalidade de impulsionar nosso serviço à comunidade”, explica o Coronel Comandante Geral, Ronaldo Viana.

O CNCG foi instituído em 12 de fevereiro de 1993 e tem como principal missão fortalecer e articular os Sistemas de Segurança Pública, Defesa Social e Defesa Civil, atuando em rede de cooperação com as Instituições Militares Estaduais do Brasil.

Ainda, como parte do evento, há uma apresentação do panorama geral do Sistema de Segurança Pública Nacional, visando acompanhar e avaliar as políticas e diretrizes em todo o Brasil, com a finalidade de atender a sociedade brasileira com as suas peculiaridades. Temas como a “Segurança das informações nas transmissões”, “Política Nacional de Inteligência” e a “Ameaça dos drones para usos terroristas” também serão abordados durante o encontro.

Reunião Polícias Civis

O Delegado Geral da Polícia Civil do Ceará, Everardo Lima, e o Delegado Geral Adjunto da PCCE, Marcus Rattacaso, participam da 48ª Reunião Ordinária do Conselho Nacional de Chefes de Polícia Civil (CONCPC), que também acontece no Riocentro. Durante o primeiro dia de evento, foi discutida a necessidade de recomposição dos efetivos das policias civis nos estados.

Para o Delegado Geral Everardo Lima, o trabalho desenvolvido pela Polícia Judiciária é de suma importância na redução dos indicadores criminais. “Não obstante o aparelho do Estado que realiza o policiamento ostensivo, a Polícia Militar, vir cumprindo o seu papel e contribuindo de forma satisfatória para a diminuição de homicídios, a polícia investigativa precisa estar bem estruturada para levar a contento os feitos investigatórios. Uma Polícia Judiciária fortalecida leva ao crescimento da elucidação dos homicídios”, concluiu, frisando a importância da troca de experiências entre os estados representados durante o evento.

Fonte: SSPDS

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp