Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Muitos segurados da Previdência Social ficam surpresos quando, na hora de pedir a aposentadoria, não encontram no CNIS (Cadastro Nacional de Informações Sociais) a quantidade de contribuições recolhidas ao longo do tempo que tiveram a carteira assinada. A realidade gera frustração porque, além da demora para liberação do benefício, os segurados ficam, em muitos casos, com uma aposentadoria abaixo do valor que imaginavam ter direito.

O Jornal Alerta Geral Especial sobre os Caminhos da Aposentadoria respondeu, neste sábado (19) pelo rádio e pela Internet, as dúvidas enviadas pelos ouvintes e internautas sobre o ‘sumiço’ das contribuições. O jornalista Luzenor de Oliveira, ao lado do professor Thiago Albuquerque, especialista em direito previdenciário, comanda o ‘Alerta Geral’ com esclarecimentos aos segurados que não encontram no CNIS a quantidade de mensalidades recolhidas para o INSS.

Linha direta para os ouvintes e internautas do Jornal Alerta Geral – WhatsApp (85) 99273.4353

MENSAGENS


Uma das mensagens sobre a angústia na hora de pedir a aposentadoria é do ouvinte Raimundo Nonato, que mora em Fortaleza. Ele pergunta o que fazer após consultar o CNIS e não encontrar o número real de contribuições em nome da esposa, que é professora e recolheu para o INSS por mais de 25 anos. A professora Lúcia, de Quixeré, também, pediu esclarecimentos sobre o cálculo da aposentadoria porque, após longa jornada de trabalho, o benefício saiu com um valor inferior ao que ela diz ter contribuído.

As dúvidas do Raimundo Nonato e da Lúcia foram esclarecidas com informações importantes para quem vive esse drama. A situação é semelhante a enfrentada pelo ouvinte Raimundo Nonato, de Caridade, que quer saber por andam os três anos de recolhimento previdenciário feito quando trabalhava para o Estado. Dificuldade semelhante é enfrentada pelo marido da Patrícia, que mora em Aracati, que, com 13 anos de contribuição, se prepara para contar o tempo que o leve à aposentadoria, mas muitas contribuições sumiram do INSS.

RÁDIO E INTERNET

A maior rede brasileira de comunicação previdenciária, pelo rádio e pela Internet, entra no ar, aos sábados, a partir das 7 horas da manhã. O Jornal Alerta Geral é gerado pela Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza, tem transmissão, em parceria com a Rede Somzoom Sat, por outras 34 emissoras de rádio, e chega ao mundo inteiro pela Internet, com a transmissão pelas redes sociais do cearaagora:

Instagram: Ceará Agora
Facebook: Ceará Agora
Youtube: Ceará Agora 
Twitter: Ceará Agora

https://www.facebook.com/cearaagora/videos/241889830611244/
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp