Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O governo federal vai iniciar um novo plano em segurança pública para atuação em locais específicos. O projeto piloto será feito no Rio de Janeiro, com o consentimento do governo do estado, e seguirá as diretrizes do Plano Nacional de Segurança Pública, lançado em janeiro.  “O Plano Nacional de Segurança Pública é o pano de fundo do plano que está sendo feito agora”, disse o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Sérgio Etchegoyen, no Palácio do Planalto, nessa quinta-feira, 11.

No dia 26 de maio será apresentado ao presidente Michel Temer um planejamento operacional setorial elaborado pelo governo. A área de combate à criminalidade será coordenada por um comitê que envolve as áreas de Defesa, Justiça e GSI, a exemplo que foi feito na Olimpíada, em 2016. A área social será coordenada pelo ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra.

“O ministro Osmar Terra vai liderar o esforço de integração dos recursos sociais dos órgãos de apoio social da União com o estado. O propósito é podermos, na mesma medida, atuarmos contra a criminalidade e atuar em favor da sociedade, junto às comunidades mais vulneráveis, para restituir-lhes a cidadania”, disse Etchegoyen.

Com informações da Agência Brasil