Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

As cidades de Coreaú, Ibiapina, Apuiarés, Granja, Guaraciaba do Norte e Morrinhos apontaram crise com falta de oxigênio para pacientes com Covid-19 durante o levantamento feito pela Frente Nacional de Prefeitos. A entidade enviou questionários a 2,5 mil das 5.570 prefeituras do país. 

No Ceará, um dos locais com a situação mais preocupante é o município de Ibiapina, que declarou que já está sem oxigênio e recorre a cidades vizinhas para reposição. Em Apuiarés, a previsão é que, caso não aumente o número de pacientes, o município terá oxigênio apenas até hoje. Já Coreaú, informou que não tem estrutura para ficar com pacientes graves devido à previsão de desabastecimento de oxigênio.

O governador do Ceará,  Camilo Santana, por meio de nota em suas redes sociais, informou que não há falta de oxigênio no Ceará, mas existe um “problema na entrega” aos municípios.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp