Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Quatro proprietários de veículos movidos a óleo diesel foram multados por técnicos da Superintendência Estadual do meio Ambiente (Semace) por emitir fumaça preta além dos limites estabelecidos em lei. As autuações foram realizadas, nessa quinta-feira (27), durante uma blitz montada na avenida Presidente Castelo Branco, em Fortaleza.

De acordo com balanço apresentado pelo gerente de Análise e Monitoramento da Semace, Gustavo Gurgel, 101 motoristas foram abordados na ação. Os veículos multados estavam com nível de fumaça preta acima de 60%, o que corresponde à multa de R$ 1.962,00. A blitz teve o apoio de agentes da AMC e do Detran.

“Por causa da modernização da frota de veículos a diesel, da realização de blitze da operação Fumaça Preta e das orientações passadas pela Semace e pelo Detran, as infrações estão, gradativamente, diminuindo”, avaliou o gerente. Outras nove ações do tipo serão realizadas até dezembro.

Esta foi a segunda blitz realizada na vigência dos decretos de isolamento social. As recomendações do uso de máscaras e de distanciamento foram cumpridas, como forma de proteger motoristas e agentes públicos do contágio do coronavírus. Na ação anterior, 59 veículos vistoriados e duas multas foram aplicadas.

Multa

A multa para a emissão de fumaça negra no índice máximo de 100% é de R$ 7.848,00. O valor é cerca de 2,6 vezes maior que o da punição aplicada a motoristas que dirigem depois de ingerir bebida alcoólica. Nos casos de emissão de 80%, a multa é R$ 3.924,00. No índice de 60% de negrume, R$ 1.962,00.

Os valores podem ser reduzidos à metade, quando o infrator reapresenta o veículo à Semace, dentro do limite de emissão aceito por lei. O prazo para obter o benefício é de dez dias, após a atuação.

(*)com informação do Governo do Estado do Ceará

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp