Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A 13ª Semana Nacional da Conciliação do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) se encerra nesta sexta-feira, 9, no Fórum Clóvis Beviláqua (FCB). A diretora do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Conflitos (Nupemec), Mariana Monte Alverne, destaca que já foram marcados 14.500 agendamentos para audiências de conciliação.

A declaração foi dada aos jornalistas Luzenor de Oliveira e Beto Almeida na edição desta quinta-feira, 8, do Jornal Alerta Geral (Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza + 26 emissoras no Interior). A prioridade, segundo Mariana, são processos que ainda não tiveram uma primeira audiência e os que não foram contemplados na mobilização do ano passado.  Os processos atendidos envolvem danos morais, danos materiais, concessionárias de serviços públicos, como água e energia, empresas de telefonias, entre outros.

Em 2017, o Judiciário cearense alcançou 4.671 acordos, representando 33,28% das 14.033 audiências promovidas durante cinco dias. A expectativa deste ano é atingir 10% dos processos realizados no ano passado. Mariana reforçou que a média geral de conciliações é de 1/3 das agendadas e que esse número está sendo alcançado também em 2018. A maior parte dos processos atendidos se concentram no interior do estado, correspondendo a 2/3 do número total, explica a diretora do Nupemec.

Quem não compareceu à audiência e quer uma nova chance para participar da conciliação ainda pode regularizar sua situação entrando no sistema “Quero Conciliar”, no site do Tribunal de Justiça. O formulário pode ser preenchido durante todo o ano.

Confira no player abaixo a entrevista completa com a diretora do Nupemec, Mariana Monte Alverne:

MARIANA MONTE ALVERNE – DIRETORA DO NUPEMEC

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp