Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Senado aprovou, em primeiro turno, por 67 votos a favor, oito contra e duas abstenções, a PEC (Proposta de Emenda à Constituição), número 18, que disciplina o adiamento das eleições que estão marcadas para o dia 4 de outubro. O texto da PEC, que tem como relator o senador Weverton Rocha (PDT-MA), propõe a realização das eleições nos dias 15 de novembro (primeiro turno) e 29 de novembro (segundo turno).

Dos 81 senadores, 79 participam da sessão remota deliberativa que, nesse momento, voto quatro destaques com sugestões para alterações de texto da emenda constitucional. São, ao todo, quatro destaques – entre eles, proposta de voto facultativo nas eleições municipais de 2020 e, também, adiamento pleito para 6 de dezembro ou a coincidência de eleições em 2022.

(*) Daqui a pouco mais informações sobre a votação da PEC que trata do adiamento das eleições municipais

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp