Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Após estatísticas mostrarem um aumento da violência doméstica no Brasil durante a crise sanitária do coronavírus, que já se estende por quase três meses, o Congresso trabalha em um projeto visando melhorar o acolhimento durante a pandemia e os canais de atendimento remoto para vítimas.

O projeto, de autoria da deputada Maria do Rosário (PT-RS), foi aprovado por 74 votos favoráveis e nenhum contrário nessa quarta-feira, mas terá de voltar à Câmara dos Deputados, já que o texto foi alterado em relação ao original.

A proposta aprovada trata como essenciais os serviços que atendem, além de mulheres, os casos de suspeita ou confirmação de violência praticada contra idosos, crianças ou adolescentes.

As mudanças valem durante o período do decreto de emergência editado por causa da pandemia causada pelo novo coronavírus, previsto para terminar em 31 de dezembro.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp