Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

“Que dor, que tragédia horrível. Deus levou meu filho e meu netinho, meus tesouros, minha vida”, repetia incansavelmente Antônia de Souza Magalhães. A aposentada é matriarca de uma família pernambucana que perdeu cinco pessoas em uma ação policial que terminou em uma chacina com 14 mortos no sertão nordestino na madrugada da última sexta-feira (7).

O correspondente do Jornal Alerta Geral (Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza + 26 emissoras no Interior), Carlos Alberto, tem mais informações sobre o assunto. Confira no player abaixo!

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp